Posts com Tag ‘DART’

Dun Laoghaire

Publicado: julho 8, 2011 por Nathaly Nunes em Irlanda
Tags:, ,

Olá gente!! Quantos dias não vinha aqui, me desculpem por isso mas viver tem me consumidoooooo por inteiro. E vivendo em outro país não posso perder a oportunidade de curtir não é mesmo? Anyway…hoje venho aqui para mostrar fotos do último passeio que fizemos aqui em Dublin no domingo passado. Pegamos o DART direção Bray para Dun Laoghaire, €4,40 ida+volta e uma tarde maravilhosa!

Para os que não sabem o clima deu uma firmada no último fim de semana e começo da semana (agora não tá mais ¬¬ ) e tivemos dias ótimos, ensolarados e quentes ( 18 – 20 °C ) então a escolha foi perfeita, para quem conhece Howth eu diria que Dun Laoghaire é ainda mais bacana. Casas perfeitinhas, um centrinho convidativo e o pier de cenario de filme. Adorei. Abaixo mais  fotos e o slideshow.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Beijos e abraços ! Cheers!

Nathaly Nunes

Anúncios

Howth

Publicado: junho 1, 2011 por Nathaly Nunes em Irlanda
Tags:, ,

A duas semanas atrás conhecemos Howth, um região residencial do suburbio de Dublin. Uma vila de pescadores que mais parece cenário de filme. Local muito bacana. Não da para deixar de conhecer, assim como Malahide. Vou deixar algumas fotos para vocês verem porém já adianto que não tinhamos quase tempo então não exploramos muito a região, dizem que é muito bacana ir até os penhascos e admirar a vista ! Para chegar é só você descer na última estação do DART em direção a Howth, o return ticket custa 4,40 euros.

Curiosidade: onde vive atualmente o baterista da banda U2, Larry Mullen.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Abração! See you!

Nathaly Nunes

Malahide : Malahide Castle

Publicado: abril 16, 2011 por Nathaly Nunes em Irlanda, Viajando pela Europa
Tags:, ,

Então pessoas, fim de semana passado fomos a Malahide, passeio obrigatório para os novatos em Dublin…rsrsrs. Convidados minha colega espanhola, Ana, para ir conosco e lá fomos nós sabado dia 09/04.

Pegamos o DART na Tara Street e pagamos €4.40, em 40 minutos já estavamos no destino. Infelizmente por algum motivo desconhecidos estavamos todos muito preguisosos e cansados para desvendar a cidade, o que vai ficar para outra hora. Então acabamos conhecendo só a rua principal da cidade e o Malahide Castle.

Lugar bacana para um passeio de fim de semana, os pátios do castelo são muito bonitos e tinha muitas famílias e pessoas pelo local. Abaixo nossas fotos.


Se você quiser entrar para conhecer o interior do castelo abaixo estão as informações úteis. Nós pagamos €6.30 o tour guiado dura em média 40 minutos, na entrada você pode pegar um guia escrito em algumas linguas diferentes, nós pegamos o guia em PT-PT e foi tranquilo.

Opening Times – Horários de Funcionamento

  April  to  September October to March
Monday – Saturday 10am – 5pm 10am – 5pm
Sundays and Public Holidays 10am – 5pm 11am – 5pm

* Último Tour é 30 minutos antes de fechar,

Christmas Opening Times – Horários de Funcionamento Natal

December 24 Closed
December 25 Closed
December 26 Closed
December 27-28 11am-5pm
December 29-31 10am-5pm
January 1 11am-5pm
January 2 11am-5pm
January 3 11am-5pm


Admission Prices – Valores de Entrada

  General Admission Group Admission (minimum 20)
Adults €7.50 €6.50
Students €6.30 €5.30
Child (u12) €4.70 €3.70
Family €18.00 n/a

Tickets Combinados são válidos para visitar o Malahide Castle e umas das seguintes atrações: Dublin Writers Museum, James Joyce Museum e The George Bernard Shaw BirthPlace

Combined Ticket Prices – Valores Tickets Combinados

  General Admission Group Admission (minimum 20)
Adults €11.50 €10.00
Students €9.50 €8.00
Child (u12) €7.50 €6.00
Family €29.00 n/a

Fonte: Malahide Castle Web Site

Malahide Castle is a great trip!
See u soon!

Nathaly Nunes

Bray

Publicado: abril 5, 2011 por Nathaly Nunes em Irlanda, Viajando pela Europa
Tags:, ,

Olá gente!!! Tudo bem??? Aqui está tudo ótimo, tudo lindo! Amanhã dia 07-04 vai fazer 1 mês desde que começamos nossa viagem para Irlanda. Não passou tão rápido assim, foram 30 bem aproveitados dias. Nesta altura do campeonato já criamos boas referências na cidade, Dublin me parece agora mais bonita ainda do que nos primeiros dias, o povo mais normal e a rotina mais gostosa. E como viver me ocupa demais é difícil achar tempo para vir contar as novidades aqui e fazer alguns post, so SORRY!

Neste último fim de semana fomos a Bray. Para quem não sabe Bray é um município litorâneo a 20 km ao sul de Dublin, um lugar muito charmoso e atraente que tem em torno de 31 mil habitantes. Fomos sábado após o lunchtime e uma tarde foi o suficiente para passear bastante e ver o que queríamos.

Fomos até lá de DART, o ticker return (ida+volta) válido pelo dia custa € 4,90. Saímos depois do almoço em direção a estação Tara Street e assim que chegamos em 7 minutos já estávamos a caminho de Bray, a viagem levou cerca de 50 minutos. Todo sistema do DART é muito pontual e eficiente, foi aprovado definitivamente!


Inicialmente fomos conhecer a praia e subir no morro que fica no fim da praia para ver a cidade do alto, neste morro tem uma cruz (New Court) que meeee desculpemmm mas como eu sou relapsa e não me interesso muito não sei a história. Resumindo: pegamos o caminho errado para subir o morro e fomos por um caminho de 6km costeando o litoral pela montanha (Cliff Manor) até quase uma outra cidade chamada, Greystones, que fica um pouco mais ao sul. Por fim os 12 km de caminhada para ir e voltar pelo penhasco valeram mais a pena do que subir na montanha. Tiramos fotos maravilhosas e a vista era muito bonito.

A beira da praia é toda coberta por pedras, acabei trazendo algumas para casa. rsrsrs

Após finalmente acharmos o caminho para a New Court tiramos algumas fotos, descemos, passeamos um pouco pelo centro da cidade já sem bateria na câmera e fomos embora. O dia estava lindo e a escolha do passeio foi ótima. Com certeza iremos voltar mais algumas vezes a Bray.

I hope you’ve enjoyed. Cheers!

Nathaly Nunes

Aluguel

Publicado: março 11, 2011 por Nathaly Nunes em Aluguel, Dublin
Tags:, , , , , , ,

O fim de semana está chegando e nós estamos de casa nova! Ehhhhh

Isso mesmo, finalmente, depois de ter visto mais de 10 apartamentos achamos o nosso, perto do centro, perto da escola e próximo a um parque. Não sei se vamos mudar hoje, mas pelo menos pegaremos ás chaves e se tudo der certo até o começo da semana já estaremos instalados.

Por causa disso resolvi fazer esse post hoje sobre aluguel em Dublin.

Como alguns já devem saber aqui na Irlanda temos um site muito bom para encontrar imóveis, é o DAFT. A procura no site é bem intuitiva, se você quer um lugar para dividir com outras pessoas, ou seja, um lugar que pode já estar ocupado, você procura por SHARE ou SHARING. Se quer um apartamento para alugar do zero, sem ninguém (os imóveis aqui pra alugar quase sempre são mobiliados) procure em por LET ou LETTINGS. Você pode filtrar pela faixa de preço que você quer, bairro e outras características para localizar o local ideal.

Nós procuramos apartamentos e studios durante essa semana, queríamos um lugar só para nós e assim foi. Encontramos um local perto de Mountjoy Square, uma zona central aqui de Dublin. Digamos que nós moraremos como a classe trabalhadora…rsrsrsrs

Uma ponto importante na hora de procurar um novo lugar para morar é a região, apesar da Irlanda ser um país muito seguro e Dublin também, aqui tem locais não tão seguros (nada como violência do Brasil ok gente!). Como falaram para nós na escola e alguns conhecidos, certas ruas da cidade são frequentadas por moleques arruaceiros que podem causar incomodo. Quando estávamos olhando um apartamento em Summerhill aqui em D1, na volta, duas policiais viram que estávamos com problemas para nos localizar e pararam para nos ajudar e já falaram para não ficarmos andando desatentos por aquelas ruas pois é um local onde moleques costumam roubar coisas das mãos de pedestres desavisados. Como somos muito medrosos cautelosos fomos embora. Então resolvi relatar aqui sobre isso para alertar que não existe lugar onde o perigo não exista, precisamos estar sempre atentos e evitar andar em locais que possamos ter problemas.

Dessa maneira vou falar um pouco sobre o que eu sei sobre os bairros. Nós iremos morar em Dublin1. D1 e D2 é o centro da cidade, números pares são no sul, números impares no norte. A zona sul costuma ser conhecida por ser uma área mais nobre e a zona norte como a região dos trabalhadores, mas não sei se isso prevalece até hoje. Abaixo está o mapa com a localização dos bairros em Dublin, aqui não temos bairros com nomes e sim com números, quanto mais baixo o número mais perto do centro ele é. Quanto mais longe mais afastado do centro, porém a cidade se divide pelo rio Liffey então os números impares ficam para cima e os pares para baixo o que faz com que o numero 8 não seja perto do número 10 por exemplo.


Se você não quer ficar muito afastado do centro fique no máximo entre D1, D2, D3, D7 ou D8. Em relação ao transporte público a zona sul tem o Luas, que liga o centro-sul centro-sudoeste, para quem não conhece é um metro que anda pelas ruas (é em cima e não embaixo!). A zona norte da cidade tem outros tipos de condução, os Dublin Bus são muito utilizados aqui. E finalmente tem DART que é um trem que liga Dublin a cidades dos arredores, na região oeste da cidade, você pode ir para cidades mais afastadas com eles também como Belfast, Galway ou Cork (aqui os trajetos que eles faz).

Voltando ao processo de aluguel depois de ter feito uma seleção de alguns lugares você entra em contato com a pessoas responsável, para isso é bom já ter um Vodafone, pois você vai ligar muito e mandar muita mensagem! Nós compramos um celular Vodafone pois estava em promoção, pagamos €19,90 por um aparelho  bem simples e ele veio com chip e mais €10 em créditos, para ativar a promoção que paga somente €0,09 cents pra residências no Brasil e nada para fazer ligações e mandar text message para outros Vodafone você precisa colocar €20 por mês. Então a conta saiu €40 – €20 crédito que da direito a promoção + €10 em créditos + aparelho. Com os € 30 em créditos que ficamos estamos ligando adoidado para o Brasil hehehe.

Você vai marcar um horário para visitar o local, visite vários para ter certeza e quando finalmente achar um bom lugar que preencha todos seus requisitos você segue com a negociação. Não esqueça de fazer perguntas do tipo – O aluguel inclui outras contas? – Qual o período mínimo para o contrato? – Preciso passar conta eletricidade para meu nome? . Quando estiver tudo ok você assina o contrato, paga um mês de aluguel adiantado e mais o depósito (normalmente o valor de 1 mês de aluguel, para garantia), ou seja, o valor de dois meses de aluguel. Quando sair do apartamento, se você não quebrou ou estragou nada, o valor do depósito tem de ser devolvido.

Os preços:

Bom os preços como em todo lugar são relativos, local, qualidade do imóvel, beleza, funcionalidades, região e etc… Mas para fazer uma média eu diria que no centro um studio/flat para uma pessoa sozinha ou casal vai sair entre €450 e €600. Um quarto double para casal em uma local com outras pessoas é mais ou menos isso também, um quarto single ou uma cama em um quarto entre €150 e €250. Quanto mais afastado do centro mais bacanas são os lugares pelo mesmo preço, porém você vai gastar com transporte, no centro a maioria dos studios são um pouco feios e antigos, mas pelo preço é isso ai, se estiver disposto a gastar €100..€200 a mais ai sim pode exigir mais. O mínimo de conforto que você precisa ter é sistema de aquecimento, um bom chuveiro elétrico e cozinha equipada.

Dicas:

– Não se deixe pressionar por quem está lhe mostrando o imóvel.

– Verifique se tudo está funcionando dentro do local.

– Indague com outras pessoas sobre o local que você pretende morar, ter referências.

– € 600 com contas inclusas é mais barato que € 550 sem contas inclusas!

– Leia bem o contrato, não assine nada sem concordar com tudo.

– A escola pode ajudar mais do que parece e amigos também então, fale com ás pessoas!

É isso ai então gente. Espero ter ajudado, qualquer dúvida deixe um comentário que eu respondo ok! E desculpe por os post não estarem sendo muito regulares, logo que chegamos é difícil fazer outra coisa a não ser dormir nas poucas horas que se passa sem ser caminhando.

Hugs! See you!

Nathaly Nunes