Arquivo da categoria ‘Fazendo as Malas’

Não posso negar que sou extremamente teimosa, infelizmente eu bato o pé quando enfio algo na cabeça e não abro. Foi assim quando fiz minhar malas para vir morar na Irlanda. Agora que iremos voltar vejo quanta coisa não usei. E isso neste caso é um pecado, espaço de coisas que poderiam estar voltando. kkkk

Desde o início achei que não iriamos comprar muito aqui porque essa não era a intenção, já tinhamos coisas boas, não queria gastar muito dinheiro e blábláblá. Como se vir com as malas cheias fosse impedirnos de comprar mais roupas e stuffs. Claro que eu estava errada e agora estámos voltando com uma mala a mais.

Cheguei a uma conclusão sobre isso dia desses, por mais que você faça uma mala super adequada e pegue todas as dicas, as coisas que vão faltar são aqueles que são características do clima daqui, acho que vale mesmo trazer só uma mala como todos dizem, mas acho sinceramente impossível para mim, vim sabendo que voltaria com mais coisas e teria de pagar por isso, azar. Compramos muitas coisas para nossa casa no Brasil, decoração e cama,mesa&banho de qualidade que valeram muito a pena.

Trouxe muitas roupas de verão, só metade do que trouxe realmente será útil,  por causa das viagens e combinações malucas para usar nesse verão tímido na Irlanda. Quanto as outras até uso e/ou usarei (Roma 30°C uhulll) mas são desnecessárias. O que MAIS me fez falta foram blusas de mangas, bacanas para usar com um lenço, trouxe algumas mas de usar por baixo de roupas de inverno, não como peça principal. Senti falta de roupas meia estação, que quebrem o galho dos 13°C aos 20°C.

As roupas de inverno que trouxe aguentaram o tranco de março tranquilamente, inclusive alguns negativos durante a madrugada na rua. Mas não poderia dizer o mesmo sobre o alto do inverno aqui, somente porque não sei. Trouxe 4 casacos de lã grandões sabe, alem de uma jaqueta, acho que daria (rsrsrsrs).

Só digo uma coisa gente, não venham achando que encontraram roupas de graça ou quase isso como os exagerados costumam falar… não é bem assim. Você não vai encontrar um casaco pura lã aqui por €5! Não mesmo. O básico costuma ser barato, mas peças mais bacanas obviamente são mais caras. Vou dar uns exemplos de coisas que compramos aqui nesses últimos meses, outras não tenho foto.

A botinha feminina paguei €7 é bem quentinha e tem um monte para vender aqui… A bolsa €5. A calça de abrigo masculina €8.

Nunca vi casaco de lã por €5 como já vi alguns falando, talvez até tenha mas eu nunca vi. O.o

Minha consideração final é, traga o que você tiver, não tudo é claro.

Nós trouxemos 2 malas de mais ou menos 26kg cada e uma pequena com laptop, cada um. Vamos voltar com essas mesmas malas com 32kg cada e mais uma de nova de 32kg. kkkkkk

Um abração à todos!

Nathaly Nunes

Anúncios

#FicaDica!

Publicado: agosto 21, 2011 por Nathaly Nunes em Diversos, Fazendo as Malas, Intercâmbio, Viajando pela Europa
Tags:,

… e uma notícia… estamos voltando! Exatos 200 dias de intercâmbio, 28 semanas e 4 dias ou ainda 6 meses e meio … o que quer dizer que está chegando ao fim. Desculpas, devia ter compartilhado isso antes, mas é definitivo agora.

Thanks! See ya!

Nathaly Nunes

Impressões : Verão Irlandês

Publicado: agosto 6, 2011 por Nathaly Nunes em Diversos, Fazendo as Malas, Irlanda, Planejamento
Tags:,

Meses e meses de pesquisa, noites mal dormidas, lendo, lendo e lendo sobre intercâmbio, sobre a Irlanda e a vida aqui. Será que eu quis ir contra os fatos ou realmente me enganaram falando que aqui tem verão? Não sei, mas eu trouxe uns 15 kg de roupas de verão. rsrsrsrs

Brincadeiras a parte… vamos ao que interessa. 😉

Eu lembro de ler em alguns blogs e sites sobre o verão na Irlanda, eu tinha plena e total consciência que não seria como nosso verão no Brasil, nem mesmo como no sul, mas achei que seria verão ora. Agora, já em agosto eu desisti de esperar ele chegar e tenho minha opinião formada sobre essa estação do ano na terra verde.

O ciclo das estações do ano na Irlanda é : Outono, Inverno, Primavera e Outono novamente! hehehe

Não consegui sair aqui nem um dia sequer no modelito : bermuda, regata + rasteirinha, coisa que uso todo santo dia no verão no Brasil. Um casaquinho vai sempre junto. Mês passado, julho, tivemos alguns dias quentes, leia quente=22°C . lembro de dois dias de céu azul azul e os outros variando entre cinzento e céu com algumas nuvens. No sol nestes dias é quente, claro, mas ai você volta para casa, as 19 h e sente aquele ventinho e tal. E não dá para esquecer de todos os outros dias (entre 15°C e 20°),em que eu dou preferência para uma blusa meia manga, calça jeans e um casaquinho de quebra pra garantir.

DE QUALQUER MANEIRA. Você acha que Dublin perde seu glamour por isso? Não. Mas que dá gosto de ver o povo com os braços e pernas de fora quando rola um diazãooooo, dá! Os dias ensolarados realmente alegram a cidade, fica tudo tão lindo, as pessoas alegres e o verde mais verde. Os cinzentos fazem trazer a memória que estamos na Europa, coisa boa!

Então gente, #ficadica, só mais um blog falando isso mas principalmente para as meninas, não tragam muitas roupas de verão. Eu trouxe sabendo que iria viajar anyway, mas poderia ter trazido menos e investido mais em roupas meia estação e que me fazem uma falta danada aqui e que não são tão baratas assim como se pensa, de 5 em 5 euros você gasta uma fortuna. Abaixo vou deixar alguns exemplos de look perfeito para encarar o clima de Dublin nesta época primavera-verão-outono.

Lembre-se 1: esse post é dedicado aqueles que assim como eu não gostam de sentir frio em determinado momento do dia, e isso inclui um ventinho gelado em certas ruas, quando o sol se esconde ou na ausência dele.
Lembre-se 2: traga sim sua bermuda, sua saia, algum vestido e algumas blusinhas, mas minha dica é dar preferência para roupas com alguma manga e não regatas.
Lembre-se 3: para os rapazes camiseta de manga curta é útil até no frio com um casaco por cima mas nós mulheres precisamos de bem mais acessórios e opções então casaquinhos finos, camisas e blusas de meia manga e manga comprida são muito úteis.

See you guys!

Nathaly Nunes

Fazendo as malas – O que vai !

Publicado: fevereiro 26, 2011 por Nathaly Nunes em Fazendo as Malas

Inverno:

– 4 sobretudos lã
– 1 jaqueta grossa
– 1 jaqueta meia estação
– 1 casaco lã
– 5 blusões lã
– 2 suéters
– 5 mantas/lenços
– 5 calças jeans
– 1 calça lycra
– 2 calças lã
– 9 blusas algodão/scala
– 1 conj. pijama
– 2 roupão

Verão:

– 3 bermudas
– 2 saias
– 3 vestidos curtos
– 2 vestidos compridos
– 12 blusas variadas
– 2 biquinis
– 2 camisas
– 3 baby-doll

Outros:

– toalha banho
– toalha rosto
– secador e chapinha
– jóias e bijuterias
– 2 livros
– 1 apostila inglês

Calçados:

– 1 bota salto
– 3 bota baixa
– 1 sapatilha básica
– 2 sapatênis
– 1 chinelo transparente
– 1 sandalha salto
– 2 rasteirinha

Remédios:

– anticoncepcionais
– anti-estaminico
– 1 dorflex
– 1 dramim
– 1 xarope tosse
– 1 atroveran
– 4 ibuprovil
– 4 amoxilina
– 2 anti-térmico
– termômetro

Isso é o que está indo nas minhas malas, provavelmente devo ter esquecido alguma coisa, mas basicamente é isso. Compramos 2 conjuntos de malas com 3 cada um. Uma grande, uma média e uma pequena. A grande e a média vão ser despachadas e a pequena vai com agente no avião.  Para a volta pretendo deixar a mala média e comprar outra grande para trazer as coisas que comprarmos… se for necessário pago mais para trazer mais uma mala também…azar.

A anciedade está me matando nos últimos dias, dificil de acreditar que já está tão perto. 10 dias para estarmos em Dublin, 10 dias para Irlanda. Estou um pouco assustada com o choque cultural… mas só resta esperar. Até quarta-feira dia 2 os documentos da escola e seguro já vão estar aqui. O bilhete aéreo chegou. Depois disso só falta trocar o money.

Mais tarde faço o post Ten Days!

Good bye!

Nathaly Nunes

Bendita “mala”….

Publicado: fevereiro 17, 2011 por Paulo Henrique em Fazendo as Malas

Olá pessoal antes de mais nada, quero me apresentar…
eu sou o Paulo noivo da Nathaly, fundadora do Blog.
Demorei para comparecer no recinto mas aqui estou.
Bem, já que estou devidamente apresentado, vamos ao que interessa.

Toda vez que você pensa em viajar, eventualmente você pensa nas malas, itens fundamentais que elaboram esse conjunto, é prá isso que eu estou aqui.
Bem, não exatamente para dizer-lhes qual tipo de mala usar, o que levar, que cadeado usar ou qualquer que seja para você um aspecto importante, eu estou aqui mas para compartilhar uma história engraçada que acaba de acontecer comigo e a Nathaly.
Com toda essa correria e preparativos para a “BIG TRIP” de nossas vidas, começamos então a arrumar as malas e praticar o “desapego*” com certas roupas, em meio à isso tudo, entram em ação as tão faladas malas, bem não é mistério prá ninguém que seria mais fácil se as companhias aéreas prestassem um serviço caridoso de recolhimento domiciliar…. sabe como é .. prá você não sair arrastando aquele trambolhão pela rua. Esse é um dos problemas, mas como é por uma boa causa a gente nem dá bola…

*( se está velha ou surrada demais esquece… vai ficar em casa)

Bom, mas sem mais delongas vamos à história engraçada que eu tenho para compartilhar… sabe aquela euforia de se preparar para a viagem, pois bem quando compramos nossas malas, elas todas vieram lacradas e com aquele tipo de cadeado que tem segredo e prende as duas pontas do zíper, eu como uma pessoa muito esperta pensei: “já sei vou configurar os segredos das malas agora mesmo”, isso mais ou menos uns três meses atrás, pois é já dá prá imaginar o que aconteceu não? hoje, bendito dia em que fomos preparar as malas, eu me dei de conta que tinha esquecido completamente os segredos dos cadeados, e agora oquê fazer??? Pensamos temos 999 chances de acertar o segredo agora é só tentar encontrar a combinação… SENHOR!!! me ajuda??…

Daí quando você pensa que não tem chance de conseguir o troço, você faz oquê? vai prá internet procurar uma saída, e lá estava a solução no site da empresa SESTINI, aí embaixo estão as dicas

Esqueci o segredo
Caso você tenha colocado um segredo na mala e você esqueceu, siga os passos abaixo para desbloquear o cadeado:

– Escolha um lugar bem iluminado ou utilize uma lanterna para conseguir enxergar a roldana (embaixo do disco com os números); (Fig. 1)
– Gire a roldana até encontrar uma pequena cavidade. Faça isso para as 3 roldanas;Fig. 2)
– Verifique os números marcados nos aros; (Fig. 3)
– Agora diminua 3 números para cada aro. Por exemplo, se o número que ficou aparecendo em uma dos aros foi 4, diminua 3 números; ou seja, passe para o 1; (Fig. 4)
– Lembramos que, se ficou no número 0, você deverá diminuir para o número 7.

Importante: Se você quiser mudar esta combinação basta seguir o procedimento de reprogramação.

Obs. Caso reduzindo 3 números não resolva, retorne na cavidade
encontrados anteriormente (Fig. 2) e reduza 5 números desta vez.

 

só sei que deu certo mesmo não sendo a mesma marca… aí sabe como é, você fica mais aliviado descontrai um pouco e começa a ler e encontrar coisas interessantes, tais como esta aqui

bom prá você ter uma idéia esse tipo de cadeado já não dá certo…. fica aí então uma dica “compre uma mala que tenha o cadeado fixo, porque se alguém abrir sua maletita você vai saber….- embora não possa fazer muita coisa depois de saber… hehehe

Era isso então pessoal, espero que tenham curtido…


Oi! Como Vai Você?

Publicado: outubro 19, 2010 por Nathaly Nunes em Fazendo as Malas, Planejamento
Tags:

Olá olá olá… Como vai você? Já dizia nosso querido MASPOXAVIDA…hehehe
Eu vou bem… não tenho postado tanto quanto gostaria e quanto pensei que postaria mas cá estou e com algumas novidades.

Neste feriadão de Dia das Crianças que passou eu e meu amor fomos visitar a velha Pelotinhas…. blééé! Para quem não sabe eu nasci e morei grande parte da minha vida em Pelotas no Rio Grande do Sul e o Paulo apesar de ser natural de Santa Maria morava já a alguns bons anos em Pelotas que foi onde nos conhecemos.

Junto com o intuito de visitar a família e amigos resolvemos aproveitar para irmos a Rio Branco fazer umas comprinhas básicas e resolver de uma vez a questão das malas objetivo da viagem. Em fim nosso sonho parece cada vez mais próximo e real. Gastamos R$500 em dois conjuntos de malas cada um com 3 peças o que comprando no Brasil sairia por uns R$800 no mínimo.

Tenho pensado essa semana em quantas coisas iremos deixar para traz indo viver fora… Nossa casa apesar de ser simples vai deixar muitas saudades, cada peça organizamos com tanto carinho, a coisa mais chata do mundo que é limpar casa se torna agradável quando esta é a nossa.

Bom, além desta questão é claro tem os gatos, estamos realmente em dúvida se devemos ou não leva-los conosco. Vai ser realmente trabalhoso todo o processo e pode ser muito estressante para eles, no entando se resolvermos ficar  de vez alguns anos a mais não precisamos nos preocupar com quem eles ficarão e nem se vão ser incomodo já que para nós não são.

Expectativas a parte decidi que vou ficar tranquila e ver o que acontece em seguida. Anciedade é o meu mal. Então seja o que Deus quiser, assim que surgirem notícias venho contar aqui.

Um abraço!

Nathaly Nunes