Segurança em Dublin

Publicado: maio 28, 2011 por Nathaly Nunes em Dublin, Irlanda
Tags:, , ,

Que a Irlanda é um país considerado muito mais seguro que o Brasil é verdade, além de que o país ocupa o terceiro lugar no Índice de Desenvolvimento Humano, o que não significa que aqui não ocorrem delitos e crimes como em qualquer outro lugar do mundo. Dublin sendo a capital é provavelmente o local onde se concentra o maior nível de criminalidade e por causa dos atuais 15% da população irlandesa desempregada a situação vem se agravando.

Desde que chegamos aqui viemos tentando ser cuidadosos, assim como já éramos no Brasil mas com atenção ao fato de que aqui não conhecemos bem e é mais difícil perceber possíveis indícios por não estarmos acostumados com a cultura. Já li inúmeros casos de Knackers ou Skangers (vândalos, moleques, vagabundos e cia que usam roupas Adidas), eles andam em bandos e procurando confusão ou briga de graça ou por pouca coisa. No E-Dublin já apareceu um post sobre alguns casos, aqui. Há também situações como ouvir desaforo na rua, desmanche de bicicleta, ovo “voando” do céu e etc. O que é muito falado aqui é que a violência que existe é a violência “grátis”, não por necessidade mas por diversão, isso pessoalmente me assusta muito. A Andiara do blog New Days in Ireland relatou um ocorrido de agressão com seu noivo em Bray, se quiser ver o post clique aqui.

Minha opinião sobre esse assunto já está formada, melhor prevenir do que remediar, quando Paulo e eu estamos caminhando na rua e vemos grupos de jovens de moleton, bebendo ou fazendo muita farra atravessamos a rua ou mudamos o trajeto. É muito comum eles encarem, pedir cigarro ou tentarem incomodar. Não tivemos nenhum problema maior aqui ainda mas já nos ocorreram três situações vagamente relacionadas alem de alguns bêbados pedindo cigarro.

1- Sumerhill – Conhecida como uma das partes mais perigosas de Dublin. Na primeira semana em Dublin quando estávamos procurando apartamento fomos ver um nessa região, estávamos olhando o mapa para nos localizarmos quando duas políciais nos pararam e avisaram para sairmos dali que poderia ser perigoso. Claro que elas notaram que não tínhamos ideia sobre a região por estarmos olhando um mapa então acredito que por isso o aviso. No entanto conheço algumas pessoas que moram por ali e dizem ser tranquilo e é só você estar ligado.

2- O’Connel Street, St Patrick’s Day – Estávamos caminhando entre o pessoal com nossos chapéis verdes quando um grupo passou por nós, uma garota bebendo com um bebê no colo pegou meu chapéu e saindo caminhando, fomos atrás e quando ameaçamos correr atrás dela ela jogou o chapéu no chão. Outra começou a gritar algum insulto qualquer se referindo a outra estar com um bebe no colo e termos ido atrás dela, totalmente coêrente né.

3- Estávamos caminhando perto de casa e passamos por um grupo de adolescentes. Quando passamos bem ao lado deles, uma garota deu um grito. Tentando nos assustar provavelmente, mas já estávamos ligados neles. Pivetes.

Nós moramos no lado norte da cidade, onde mora a população “trabalhadora”, acredito que aqui seja mais frequente sim malandros e pivetes nas ruas, assim como bêbados, bem comum. O lado sul parece mais calmo, região um pouco mais rica e ruas bacanas. Se tivermos a oportunidade gostaríamos de nos mudar para Dublin 2 ou 4.

Vale comentar que aqui a polícia não anda armada, mesmo durante a visita da Rainha que foi bem conturbada não vi nenhum policial armado. Sei que a polícia de choque confrontou manifestantes porém não sei se usavam armas de fogo, acredito que não. A Irlanda é realmente um país bem mais seguro que o Brasil mas é sempre necessário tomar cuidado, posso tentar comparar dizendo que no Brasil tinha medo de coisas como assalto a mão armada ou roubo de carro, aqui tenho medo de agressão por ser estrangeira, não acredito que a população mesmo tenha problemas como os estrangeiros.

Estou falando sobre isso aqui hoje pois não existe injustiça que não mereça ser exposta. Detesto quando vejo o pessoal, me desculpem mil vezes mas, falando o quanto a violência do Rio e de Sampa é normal e que nem é um problema, que você só precisa se acostumar e tomar cuidado. Violência é sempre um problema, existe aqui como existe no Brasil, eu pessoalmente não viveria num lugar extremamente violento de maneira alguma, há quem viva por que gosta do lugar e há quem viva por que precisa. Aqui em Dublin e na Irlanda existe também e por isso é bom estarmos sempre atentos, mas não paranóicos.

Dicas de mais alguns lugares não tão bacanas para morar além da Summerhill : Finglas, Ballyfermot, Inchicore, Tallaght, Coolock, Ballymun.

See you soon!

Nathaly Nunes

comentários
  1. Fernando disse:

    Olá Nathaly, tudo bem?
    Estou pensando em fechar intercâmbio para a Irlanda, para estudar em Bray, mas confesso que fiquei preocupado quando comecei a ler sobre knackers, até poque estou indo sozinho. Você sabe dizer se estes casos acontecem com muita frequência?

    • Nathaly disse:

      Oi Fernando,

      Tudo tranquilo. Não, são casos isolados, mas a intenção do post foi de alerta pois sempre existe a possibilidade. Não deixe que isso lhe assuste em relação a fazer seu intercambio. Você pode escolher outras cidades também, existe Galway que não conheço mas o pessoal costuma dizer que é bem bacana. Enfim, atenção é o que recomendo, mas não se preocupe, você tem muito mais a perder deixando de vir!😉

      Abração!
      Nathaly Nunes

      • Fernando disse:

        Eu já estava ficando um pouco assustado porque li uns alguns relatos bem desagradáveis, provavelmente vou ficar em Bray, porque tenho uma amiga que está morando por lá… Valeu por responder Nathaly e parabéns pelo blog, como estou quase fechando o intercâmbio tenho acompanhado muito os blogs de pessoas que já estão vivendo na Irlanda!

        Abraços,
        Fernando

      • Nathaly disse:

        Obrigada Fernando, eu entendo seu receio, é normal. E eu até hoje leio dezenas de blogs que acompanho desde 7 meses antes de vir, ainda é tudo novidade. Quando você está vindo?
        Abração!
        Nathaly Nunes

  2. Fernando disse:

    Pois é, meu final de semana passado se resumiu a horas e horas lendo tudo na internet, rs… Estou fechando um orçamento de pacote com mais uma agência, pretendo fechar até a próxima semana para embarcar em julho!
    Um abraço,
    Fernando

  3. Andreia disse:

    voce sabe algo de Cork ? se é uma cidade tranquila ?

    obrigada

    • Nathaly Nunes disse:

      Andreia você está indo para Cork? Nunca ouvi dizer nada de lá não… deve ser mais tranquilo, mas mesmo aqui em Dublin não é um problema que você deve se preocupar sempre, não esquenta! O que eu sei de Cork é que uma cidade ao estilo de Dublin mas mais bonita, estou louca para ir conhecer!!

      Obrigada pelo coment, abração!
      Nathaly

  4. wilson gomes souza disse:

    Aqui no Brasil a situação é bem diferente:
    Além da violência armada, um vereador formado em MEDICINA é servidor da Prefeitura do Recife. Até aí tudo bem. Só que êle recebe da Prefeitura como MÉDICO para atender a população só que não aparece para trabalhar. É corrupção pura.

  5. Verena disse:

    Bom dia Nathaly.
    Gostei muito deste post e gostaria de tirar uma dúvida com relação à preconceito racial? Você conhece ou presenciou algum caso? É que estou com tudo fechado para ir no ano que vem com uma amiga também negra, mas quando decidimos o destino não atentamos para este detalhe…
    Um abraço!

    • Nathaly Nunes disse:

      Oi Verena,

      Acredito que não querida, eu nunca ouvi nada especifico sobre preconceito racial não até porque a população de Dublin é muito variada, muitos indianos, coreanos, mauricianos e por ai vai… é bem diversificado. Vão tranquilas que vai ser ótimo!

      Um abraço!
      Nathaly

  6. Daniel Pastorelli disse:

    Olá Nathaly e Paulo, como vão?

    Gostamos muito do seu blog, está sendo muito útil!

    Minha namorada e eu, vamos passar o Natal aí,
    umas 6 noites,
    queremos conhecer uma coisa de cada,
    para voltarmos bem preenchidos daí,
    como parque familiar, restaurante e café (já que acho que aí não deve ter padarias),
    um bom pub tranquilo, se possível um que tenha música tradicional.
    E um desejo muito grande em conhecer uma cidade do interior,
    que seja pacata, bonita… Qual sugere?
    Quantos euros levar considerando hotel já pago?
    Confessamos que estamos um pouco perdidos, não queremos de mão beijada, mas uma ajudinha cairia muito bem!
    Poderia dão uma mãozinha?

  7. Lucas Machado disse:

    Nathaly,

    Você acha que Galway é mais tranquilo que Dublin?

  8. B.B.P disse:

    Olá, estou passando uma temporada aqui em Waterford. No primeiro dia que cheguei, voltando pra casa sozinho (meu erro), vi um grupo de 3 pessoas do outro lado da rua. Passei adiante deles e quando percebi, jogaram um rojão do meu lado. Não aconteceu nada, mas é o suficiente para você começar se amedrontar e meio que estragar a sua diversão. Talvez tenha sido uma maneira de dizer que não é o Brasil, mas é preciso ficar esperto. O jeito é evitar andar sozinho, pelo menos a noite. Boa sorte para todos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s